Macarrão e proteína:
aliados na dieta

Combinados, eles garantem a proporção ideal de nutrientes
e dão saciedade para quem quer emagrecer


O macarrão costuma ser uma das primeiras coisas a serem cortadas do cardápio de quem faz dieta. Mas não é preciso renunciar a essa excelente fonte de carboidrato, que nos dá energia e bem-estar ao longo do dia. “O macarrão pode e deve ser consumido porque é, comprovadamente, um veículo para inserir alimentos mais saudáveis na dieta de quem tem sobrepeso”, explica a nutricionista Vanderli Marchiori, presidente da Apfit (Associação Paulista de Fitoterapia).

A massa, sozinha, não pode ser considerada uma refeição completa. Para garantir a variedade de nutrientes necessários para o nosso organismo e também a saciedade, tão importante para quem faz dieta, uma boa saída é combinar esse carboidrato com uma fonte de proteína.

Para compor um prato realmente balanceado, o ideal é fazer uma combinação de 60% de massa com 40% de proteína, ensina Vanderli. Essas fontes proteicas não precisam necessariamente ser carnes. Para os vegetarianos, a nutricionista indica “misturas” como feijão fradinho, queijo de búfala, funghi e tofu (veja abaixo). “Pode-se preparar a massa com castanhas, diferentes tipos de feijão, proteína de soja, cogumelos ou seitan, que é a ‘carne’ feita de glúten”, completa.

5 PRATOS BEM EQUILIBRADOS



Fonte: Vanderli Marchiori

Perguntas e respostas